• Diminuir tamanho do texto
  • Tamanho original do texto
  • Aumentar tamanho do texto
  • Ativar auto contraste
Selecione uma tarefa

Início do conteúdo

12/11/2019

INI celebra o Novembro Azul


Antonio Fuchs

O Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas celebrou o Novembro Azul, no dia 05 de novembro, com uma roda de conversa promovida pelo Laboratório de Pesquisa em Epidemiologia e Determinação Social da Saúde (Lap-Epidss), através do Projeto Plataforma de Saberes. A partir da questão “como você, enquanto promotor da Saúde Comunitária, pode se ajudar e orientar outras pessoas sobre a importância da saúde do homem?” os participantes esclareceram dúvidas a respeito da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Para subsidiar as discussões foram exibidos dois vídeos, o primeiro destacando o papel do Novembro Azul, produzido pela Secretaria de Atenção à Saúde, do Ministério da Saúde, e o segundo sobre a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, do programa Cenas do Brasil, da TV BrasilGov.

Contando com a participação da Associação de Pacientes Amigos do INI, a chefe do Lap-Epidss, Claudia Teresa Vieira de Souza, explicou que Novembro Azul vai muito além da prevenção ao câncer de próstata e sim um mês para se trabalhar a perspectiva de uma saúde integral e alertar os homens sobre todos os cuidados com sua saúde e bem estar.

Câncer de próstata

A doença é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens brasileiros e as maiores vítimas são aqueles com mais de 50 anos, além de pessoas com histórico da doença em parentes de primeiro grau, como pai, irmão ou filho. Embora seja uma enfermidade comum, por medo ou por desconhecimento muitos homens preferem não conversar sobre esse assunto. O câncer de próstata é confirmado após a biópsia, que é indicada ao encontrar alguma alteração no exame de sangue (PSA) ou no toque retal, que somente são prescritos a partir da suspeita de um caso por um médico especialista. Saiba mais clicando aqui.

Voltar ao topoVoltar