• Diminuir tamanho do texto
  • Tamanho original do texto
  • Aumentar tamanho do texto
  • Ativar auto contraste
Selecione uma tarefa

Início do conteúdo

01/11/2018

INI qualifica novos profissionais em Farmácia Hospitalar


Texto: Antonio Fuchs / Edição: Juana Portugal

A edição 2018 do Curso de Qualificação Profissional em Farmácia Hospitalar do INI terminou no dia 19 de outubro com a formatura de 44 alunos que passarão a exercer suas atividades cotidianas na assistência farmacêutica hospitalar de forma harmoniosa com as melhores práticas e as recomendações nacionais e internacionais para a promoção da segurança do paciente. A capacitação foi coordenada pelas professoras Patrícia Helena Castro Nunes e Madelon Novato Ribeiro.

O encerramento contou com as apresentações dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs) dos alunos que foram divididos em oito grupos e expuseram questões relevantes para a área como a overdose de medicamentos, a comunicação no uso racional de medicamentos, a importância na capacitação dos profissionais de farmácia hospitalar, o sistema de distribuição de medicamentos, entre outros.

Segundo Patrícia, “valorizar os profissionais do SUS, discutir técnicas e promover uma cogestão do saber, refletir e observar sobre a prática diária tendo como foco principal o paciente foram algumas referências que apresentamos ao longo do curso visando capacitar nossos alunos com o melhor que podemos oferecer o campo da Farmácia Hospitalar”.

A coordenadora revelou que a turma 2018 era formada por trabalhadores de cargos de nível médio do SUS, incluindo profissionais de enfermagem, nas esferas federal, estadual e municipal (27%), além de estudantes de cursos técnicos ou de graduação da área de saúde, e trabalhadores da iniciativa privada. “Nesse escopo, recebemos quatro alunos das forças armadas (três da Aeronáutica e um da Marinha), bem como dois estudantes da Polícia Militar. Outro destaque foi a participação de duas técnicas de farmácia da cidade de São Fidélis, no Rio de Janeiro, permitindo a qualificação profissional dos quadros deste município”, encerrou Patrícia.

Voltar ao topoVoltar